Investimentos em IoT no setor de energia devem chegar a US$ 73 bilhões este ano

Investimentos em IoT no setor de energia devem chegar a U$S 73 bilhões este ano

O uso da Internet das Coisas (IoT) está ganhando cada vez mais força. Segundo pesquisa da IDC, empresa líder em inteligência de mercado e consultoria nas indústrias de tecnologia da informação, o valor total das despesas mundiais com esse tipo de tecnologia pode chegar a US$ 772 bilhões até o final de 2018.

O ramo de utilities, que agrupa empresas de água, gás e eletricidade, será uma das indústrias que mais deve investir com esse tipo de solução, somando US$ 73 bilhões. A estimativa acompanha a expansão de outros setores como carros, casas e fábricas, que precisam da conectividade para garantir a funcionalidade.

No setor de energia, são instalados sensores no ambiente que coletam dados como corrente e voltagem, energia que chega da distribuidora ou que sai do quadro elétrico para os equipamentos que devem ser monitorados. Com isso, é possível saber em tempo real como está a infraestrutura, possibilitando a identificação de padrões como os ambientes que mais sofrem com falhas elétricas e quais são esses problemas. Dessa forma, fica mais rápido e fácil solucionar as falhas.

Para esse investimento ser bem-sucedido, é preciso pensar na segurança dos dados desde o início. Para o hardware, é necessário utilizar equipamentos que tenham certificação, e, para a conectividade, buscar redes que tenham padrões de proteção comprovados. Já para as soluções de nuvem, é recomendável olhar desde o software de segurança até o controle de acesso aos prédios onde estão os servidores.

Fonte: IT Forum 365

Gostou desta notícia, compartilhe!

Cadastre-se na nossa newsletter