Google inicia trabalhos para data centers com energia livre de carbono

A busca por energias renováveis está cada vez mais forte e o Google é uma das empresas pioneiras dessa tendência. Na última quarta-feira (10), a companhia divulgou um relatório que detalha seu progresso em tornar seus centros de dados sustentáveis.

No ano passado, o Google alcançou o marco de ser a primeira empresa a atingir 100% do consumo anual de eletricidade por meio de compras diretas de energia renovável. O documento divulgado busca ilustrar o desempenho de um data center em relação ao uso de energia sem carbono de hora em hora em diversos locais do mundo.

De acordo com o chefe de desenvolvimento do mercado de energia do Google, Michael Terrell, a diferença do desempenho entre países acontece devido às parcerias com governos locais e empresas de serviços públicos. “De fato, nossa aquisição em larga escala de energia eólica e solar é uma pedra angular de nossos esforços de sustentabilidade e transformou o Google em um dos maiores compradores de energia renovável”, aponta Terrell.

O primeiro passo da empresa para atingir a marca de 24 horas por dia com energia livre de carbono é a reforma das políticas e do mercado para eliminar as barreiras da obter esse tipo de energia. Além disso, também serão necessários o desenvolvimento e a implantação de tecnologias emergentes, que incluem armazenamento de energia e captura de carbono.

O Google não divulgou data e previsão para essa mudança em seus centros de dados. Entretanto, Michael diz que a empresa está cada vez mais empenhada em contribuir com o uso de energias limpas.

Fonte: DataCentre News

Gostou desta notícia, compartilhe!

Cadastre-se na nossa newsletter